Quarta-feira, 28 de Maio de 2008

Ur so gay! * I kissed a girl - Kate Perry *

     A primeira vez que ouvi esta música, não queria acreditar. "I kissed a girl". Ora isto é o que um rapaz era capaz de dizer certo? Not really... Porque neste caso, quem o canta é uma gaja. E pronto, ela beijou uma rapariga, os lábios dela sabiam a batôm de cereja, espera que o namorado não se importe (nãoooo, claro que não), diz que ladies bonitas não se portam assim mas quê? Nós gajas somos demasiado "mágicas" (palavras dela) e irresistíveis! Bom, vejam o vídeo, ouçam a música (existe também uma versão techno) e deliciem-se com a letra. Basicamente o que a Katy Perry nos quer dizer é: lá por termos experiências com o mesmo sexo, não quer dizer que sejamos gays/lésbicas. Digamos que até concordo mas... não experimentem muito, ou ainda se torna vício eh eh :P

Digam-me o que pensam!... Preciso de uns comentários para aumentar a moral.

 

 

 

Beijocas

Liz*e

 

 

 

sinto-me:
música: I kissed a girl - Kate Perry

publicado por Do outro lado do oceano às 02:50
link do post | comentar | favorito
Sábado, 29 de Março de 2008

IV. Palavras não ditas.

- Liana...

     Sebastian simplesmente não conseguia esperar mais. A viagem de carro, a entrada no bloco de apartamentos e o tempo de Liana pousar a mala tinha parecido uma eternidade.

     Ele resolveu avançar para junto dela. Pôs as mãos na sua cintura e encostou-a a ele, enquanto baixava os lábios para os dela. Um segundo depois já se beijavam desejadamente. As línguas dos dois dançavam e procuravam, enquanto as mãos dela tocavam no pescoço de Sebastian, para depois subirem um pouco...

     De repente Sebastian parou de a beijar, agarrou Liana pelas pernas e segurou-a contra a parede... Rodeando a cintura de Sebastian com as pernas, Liana voltou novamente a tentar chegar aos lábios dele. Mas Sebastian não deixava...

- Pára com isso... - sussurrou Liana - Nâo me tortures...

     Durante 1, 2, 3 segundos ambos trocaram olhares. E novamente Sebastian beijou Liana, como se nada mais no mundo existisse. Só eles os dois e a parede da casa dela. Pouco tempo depois, Sebastian pousou Liana no chão, pegou-lhe na mão e conduziu-a para o quarto dela.

     Depois de Liana fechar a porta, Sebastian sorriu, pegou nela ao colo e sentou-a em cima da cama, sentando-se também. Liana voltou-se para Sebastian e desapertou um por um os botões da camisa dele, enquanto ele a olhava desejadamente. E mais uma vez recomeçaram a beijarem-se, enquanto as mãos dele delineavam o pescoço dela, descendo para o decote, acariciando um seio, depois o outro, por cima do vestido que começava a estar a mais no meio dos dois... Por isso a outra mão foi à procura do fecho do vestido. Menos um obstáculo... Um pouco depois Liana estava deitada, de lingerie, enquanto desapertava o cinto e o fecho das calças de Sebastian.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

     Sebastian deitou-se levemente por cima de Liana, beijando-lhe o pescoço enquanto ela fechava os olhos e inclinava-se levemente para trás. Sebastian levou uma mão ao seio direito e acariciou-o levemente, enquanto Liana começava a sentir os conhecidos arrepios pelo seu corpo...

     Liana começou também a deixar deixar descer as suas mãos, mais e mais, passando dos cabelos ao pescoço... do pescoço às costas, das costas para dentro dos boxers.

     Mais e mais o desejo de se terem um ao outro crescia, até não haver mais roupa no meio dos dois. A mão de Liana foi ao encontro dele... movimentos para cima e para baixo, lento, rápido, lento novamente, mais rápido...

     Passou a ser a vez dela... Sebastian foi beijando o seu caminho até chegar ao ponto de prazer de Liana... Brincou, beijou, lambeu, levou-a quase ao auge, para depois de uma só vez entrar dentro dela... Suspiros, gemidos, gritos abafados... Até ambos se deixarem cair nos lençóis.

- Obrigado por esta noite... - Desabafou Liana enquanto sorria.

- Foi um prazer - brincou Sebastian. - Sabes que te adoro não sabes?

- Sei... - respondeu Liana. Mas as palavras que Sebastian tanto queria ouvir ficaram por dizer.

sinto-me:

publicado por Do outro lado do oceano às 17:59
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
17
18
19
21

22
24
25
26
27
28

29


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ur so gay! * I kissed...

. IV. Palavras não ditas.

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds