Segunda-feira, 23 de Junho de 2008

Beleza e Inveja . Senhora e seu Escravo

 

 

Imponente


                Selvagem


                                                       Sensual


                                                                                  Bonita


                            Confusão


                                                    Elegante


                                      Senhora


                                                                      Escravo


                        Postura


                                                                                       Sólida


                                                         Real


 

sinto-me:
música: Disturbia - Rihanna

publicado por Do outro lado do oceano às 22:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 16 de Junho de 2008

Reflexão

    

     Hoje o meu post vai direccionado para todos aqueles que ainda andam com livros escolares na mão e exames para fazer. Com professores que adoramos e outros que preferíamos não ter. Com trabalhos de casa pra fazer quando não nos apetece. Mas para aqueles que em vez disso já têm um emprego e contas para pagar, também podem continuar a ler e talvez não seja tempo perdido.

     Hoje foi o meu último exame. É mesmo questão para dizer: ALELUIA!! Cheguei a casa, abri os cadernos e dossiers e começei a ver... A primeira aula de Matemática do ano. Sim, aquela onde eu até me sentei à frente, até prometi a mim mesma que ia fazer os trabalhos de casa todos correctinhos e perfeitinhos, e onde até respondi a duas perguntas da setôra. Melhor ainda, os meus apontamentos têm os títulos a cores! Sim, a cores!!

     Depois lembrei-me da última aula de Matemática do ano. Toda a gente a morrer do calor que estava na sala, a olhar para o relógio de 2 em 2 minutos, a fazer exercícios para o exame e no fim um "Boas férias!" da setôra e nós todos a pensar... férias só quando os exames acabarem...

     Ora esta tagarelice toda para dizer, que estes dias de arrumações escolares fazem-me pensar. No primeiro dia de aulas, por acaso dia dos meus anos, 29 de Agosto, eu não tinha os mesmo vícios de escrever e visitar blogs como tenho agora. Não conhecia metade das músicas que conheço agora. Não gostava da mesma pessoa. Não tinha os problemas que tenho agora. Não tinha vivido as felicidades que vivi entretanto. Não tinha sequer os mesmos ideais (parecidos, mas alguns mudaram) que tenho neste mesmíssimo momento. Em menos de 10 meses tanta coisa mudou... E muito mais ainda vai mudar até ao dia 29 de Agosto. Um novo ano já vai ter começado, o último do secundário (andamos 12 anos à espera dele, ufaaa...), onde vou saber em que universidades entrei, e onde vou viver os próximos quatro anos da minha vida. E tanto vai mudar este Verão. Uma nova liberdade.

     Passo a vida a mudar. Mas acho que sou feliz assim. O problema é que agora tenho de estabilizar num sítio... quando gostava de estar noutro...

Beijocas e boas férias para aqueles que as podem ter eheh :P

Liz*e

sinto-me:

publicado por Do outro lado do oceano às 21:48
link do post | comentar | favorito
Sábado, 14 de Junho de 2008

Preciso...

 

A solidão bate à porta.

Digo-lhe olá. Deixei-a entrar e fecho a porta...

Ainda antes de me virar para ela, penso se cometi um erro.

Provavelmente... sim.

Olho-a nos olhos. Ela sorri. Um sorriso de culpa.

Percebo o que quer dizer.

Lágrimas enchem-me os olhos.

Mas não correm...

Secam ainda antes de eu me aperceber que alguma vez elas lá estiveram.

A solidão olha para a janela.

Eu sigo lentamente o olhar.

E deparo-me com a saudade.

Baixa, amargurante, irónica.

Não gosto da saudade. Nunca gostei.

Desvio o olhar. A campaínha toca.

Não.

Não vou deixar entrar a saudade.

Peço à solidão para sair.

Ela cordialmente o faz. Beija-me a face.

Sinto o cheiro demasiado forte a perfume...

Áspero, demasiado asfixiante.

A solidão sai, eu encerro a porta.

Fecho as pressianas.

Deito-me no chão.

De costas para o tecto, sinto o frio a percorrer-me o peito.

Penso no que estas duas personagens me roubam sempre que espreitam.

Roubam-me um sorriso.

São prova do quanto preciso...

Porque preciso...

E preciso...

sinto-me:

publicado por Do outro lado do oceano às 01:43
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 7 de Junho de 2008

Gooo Portugal :D

 

     A esta hora está tudo de olhos postos num qualquer ecrã de TV a ver a nossa selecção a jogar. Pois aqui pelos States costumamos ter acesso pelos canais da Sic Internacional aos jogos da sport Tv... Mas parece que só têm contracto para a liga Portuguesa, pois o Euro não está nem vai ser transmitido... Quer dizer, os emigrantes na Europa, para além de terem os joguinhos mesmo ali nos estádios da Suíça, ainda têm acesso a isso tudo, e nós aqui nos confins do mundo, nada... Mas isto é justo?

     Pronto, à falta de melhor estou aqui num site a fazer "refresh" à página de 2 em 2 minutos (OH MEU DEUS acabei de ver que o Pepe marcou um golo!!!! :D) para ver como vai o jogo. E pronto, já disse que Portugal está 1-0. Abençoada internet, se não fosse isto já tinha morrido...

     GOOOOOO Portugal que estamos a ganhar e desta vez não me quero ver Grega! (e muito menos Turca, as gregas pelo menos são giras ). E não, o smiley não tem nada a ver.

Bem, vou mas é torcer por Portugal no ginásio cheio de americanos...

 

Beijocas

Liz*e

 

sinto-me: Optimista ;)

publicado por Do outro lado do oceano às 21:02
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 10 de Abril de 2008

Flutuante.

    

 Gregoria Correia

 

     São 10:41 da manhã. Supostamente deveria de estar na aula de spirit... Religião, basicamente. Mas não estou, e sabem porquê? Porque estou doente.

     É verdade. Desde o nono ano, quando apanhei varicela ou lá o que foi (tardia, ya, se vos contar a história é simplesmente irónica...), que ainda não tinha faltado às aulas por motivo de doença... Mas esta vida de atleta e as mudanças de temperatura dão nisto! Isto anda mais ou menos assim: se toda a gente está com frio, eu estou bem. Se toda a gente está a congelar, eu estou com frio. Se toda a gente está com calor... eu ou estou com calor, ou então estou a ferver! Dizem-me que é por eu vir de Portugal... E acho que é verdade, temos o sangue mais quente ou o caraças (somos mais hottt, claro :P), e eu já aí andava sempre um bocado mais calorenta do que o resto do pessoal, portanto...

     Mas isto tudo para dizer que antes de ontem esteve calorzinho, eu e muitos mais tirámos o casaquinho, mas eu fui a primeira porque epá... ainda por cima a correr, não estão à espera que aqui a hottie :P não tenha calor pois não? E devo ter apanhado um resfriado qualquer que ontem a meio da manhã começei a sentir umas dores de cabeça... um nariz congestionado (uma expressão muito interessante, faz-me lembrar as notícias da manhã em Portugal: o tráfico na rua tal e tal está congestionado devido a.... :P. Não liguem, isto é da febre...) e coisas que tais.

     Depois se bem se lembram tive competição de atletismo. Foi... epá corri 100 feet em 18.9 segundos xD Não vos digo se é bom ou mau... Mas ficam já a saber que não sou atleta nem pouco mais ou menos, os meus desportos são outros :P

     E com o frio que estava lá em Mashpee, onde foi a competição, ainda fiquei pior. Por isso acordo hoje de manhã (tarde, adormeci...) e tenho a garganta feita num oito, dores de cabeça, mal tenho voz. Viva a minha sinusite que voltou... --' E pela primeira vez em muito tempo fiquei em casa doentinha...

     E pronto, daqui a bocado quero ver se vou à farmácia comprar qualquer coisa para a garganta, aproveito e digo à minha mãe para irmos comprar a tinta para pintar o cabelo de preto esta semana (que tal hoje? tenho de pensar nisso...) e mousse para os caracóis no meu belo cabelo.

     E acho que não tenho mais nada para dizer, sem ser que não ouçam techno quando estão com dores de cabeça, porque parece que os meus belos miolos estão a saltar ao ritmo da música... Mas não consigo, o DJ é bom, é grego (isso é a parte má :P), e já ando a tentar fazer o download das músicas dele à uns 4 dias, mas o limewire não estava a "funceminar". Por isso agora há que aguentar :P

   "You'll always be my baby."  Canta a cantora. "Touch me in the morning, and last thing at night. Take me a lil higher... I'm feelin it too. Tell me what you're feeling..." . "Pull me a lil closer... I need you so much" .

     Está bem, letra bem, bem interessante. É das poucas músicas do Dj Tiesto que tem alguém a cantar.

     Bem, já chega de relatar... E por favor alguém venha para o MSN que eu estou com uma vonta de de teclar que só eu é que sei... Isto é um vício, sim!!

 

Bjoo (Não, é melhor não, estou doente, não quero espalhar isto...)

Liz*e

sinto-me:

publicado por Do outro lado do oceano às 16:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 9 de Abril de 2008

Tempos sonhados.

 

Rapidamente o ponteiro anda...

Tic, tac, tic, tac, tic, tac.

Passam segundos, minutos, horas.

Dou por mim perdida pelos meus mundos...

Alguns secretos, outros nem por isso.

As horas passam a dias.

14 dias...

 

Está quase =)

 

Bjoo com um raiozinho de sol e um pouco de luar...

Liz*e

sinto-me:

publicado por Do outro lado do oceano às 02:54
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Abril de 2008

Nublado como eu.

 

 

 

 

Olho pela janela, o céu está nublado...

Deve estar a transmitir o que vai no meu pensamento.

Confusão, perguntas, saudades.

Não há muito que possa fazer, apenas aproveitar a vida aqui.

Mas quando vou aí, faço o quê?

Estou de férias no meu país, ou estou a viver no meu país?

Faço de conta que durante 6 dias vivo aí?

Ou nem por isso?

Ando a brincar ao faz de conta...

E a verdade?

"I rather spend my life pretending, than having to forget you for one whole minute"...

                                                                               Crush crush crush . Paramore

Acho que até gosto de brincar ao faz de conta...

 

Bjoo with a cherry on top

Liz*e

 

sinto-me:
música: Tocar, tocar . SP & Wilson

publicado por Do outro lado do oceano às 22:40
link do post | comentar | favorito
Sábado, 22 de Março de 2008

Spilling out...

Tenho tanto para dizer... Mas tão pouco ao mesmo tempo. Nem sei o que me apetece deitar cá para fora... Vou batendo nas teclas enquanto penso o que dizer... o que escrever melhor dizendo. São saudades... muitas... Há certas fotos... aquilo que estou a perder... faz-me ficar à beira de criar um rio de lágrimas... Não é justo! Não é!! Já não vale a pena dizerem-me que vai melhorar... não vale a pena... eu já pensei em todas as possibilidades. As mais malucas, as mais complicadas, as mais simples, as mais egoístas... mas nada resulta, tudo fica na mesma. Há alturas em que até me sinto bem por aqui... Até tenho um sorriso rasgado na cara. Até parece que está tudo bem... Mas depois não está. Depois chego a casa e existem os mesmos problemas de sempre. Depois chego a casa e ligo o computador e leio o que fizeram, o quanto se divertiram, os planos, os amores novos... Mas não! Não interpretem mal, não é este o problema. Porque quando não vos tenho a contar-me isso, ainda fico pior. Falta-me algo. Arrancam-me essa parte e é como se me estivessem a partir aos bocadinhos, como a uma boneca de cristal com olhos... de cristal como é óbvio. Às vezes estou assim, feita de cristal. Hoje estou assim. E escusam de dizerem que me percebem. Não percebem. E mesmo que percebessem, nada podem fazer. A culpa é minha. Eu tenho a noção disso. Por isso é que já disse, e planeio pelo menos tentar viver assim... Ilusões, expectativas? Não conheço essas palavras. Não me vou iludir mais... Já tenho ilusões para uma vida inteira. Cada vez que me esqueço disso, tudo me foge do alcance. E eu fico parada, olho para o sol e vejo-te a partir. E por "vejo-te" posso querer dizer tanta coisa. Posso querer dizer a minha vida a voar. Posso querer dizer as amizades a perderem-se. Posso querer dizer ter-te perdido a ti. Sim, a ti, sabes bem que és tu. Não te culpo mas... posso culpar a minha vida não? Acho que posso.

E não vale a pena dizerem que não, que vou estar sempre aqui «3. Porque não vou. Acho que nunca mais me vou esquecer, numa aula de comunicações, um capítulo inteiro a falar sobre "body communication". E tive a pergunta na minha cabeça durante a aula inteira, até resolver perguntar... Então isto tudo quer basicamente dizer que... relações à distância, seja lá de que maneira for, não podem existir. Ao que a setôra respondeu: normalmente os seres humanos precisam de algo físico nas relações. Essa parte é importante. É claro que é importante... Quem é que não sabe isso? Talvez só mesmo eu, porque não me apetece mesmo ouvir isso. Mas lá que é verdade, lá isso é.

Blah. Isto já vai longo outra vez. E eu que tinha dito que hoje não escrevia muito...

Bjoo... with a cherry on top, se a quiserem...

Liz*e

sinto-me:

publicado por Do outro lado do oceano às 02:00
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 21 de Março de 2008

Can you keep a secret?

 

 

Mais uma vez venho aqui fazer o relatório do último livro que li. Acabei-o à uns 15 minutos, e adorei!!

Ao contrário de "Poseur", não é sobre adolescentes, não decorre nos Estados Unidos e não fala propriamente sobre moda. Não tenho nenhuma frase que tenha adorado, nada que se relacione propriamente comigo. Mas a história e o livro em si são absolutamente viciantes.

"Can you keep a secret" é um best-seller que fala sobre uma Inglesa de 25 anos, Emma Corrigan, que trabalha numa empresa tipo Coca-Cola e é assistente de marketing. Ou melhor, está abaixo desse nível, portanto é uma das mais recentes trabalhadoras na empresa. Emma viaja num avião, e depois de várias peripécias, e muita turbulência, acaba por contar, todos, mas mesmo todos os seus segredos ao homem que se senta ao lado dela. E quando falamos em segredos, são coisas que ela nunca contou a ninguém, mas durante a turbulência deitou tudo cá para fora a pensar que ia morrer. Contou que achava cuecas de fio dental descomfortáveis, que adorava champagne numa primeira saída romântica, que o namorado não a satisfazia sexualmente... isto tudo a um desconhecido. Mas ele deixou de ser um desconhecido, quando Emma descobre uns dias depois que Jack Harper é o patrão Americano da empresa multi-nacional. Ora como é óbvio eles acabam por gostar um do outro, e montes de coisas se passam. Mas no fim tudo fica bem, os pombinhos ficam juntos tal como se quer, e eu vou começar a ler o segundo livro que comprei da mesma autora, entitulado "Undomestic goddess".

Quando está tudo de férias em Portugal e não há ninguém para se teclar com, o que é que se faz? Leitura....  Que eu até adoro, mas já tenho saudades das minhas conversas por computador das 4 às 9.

Bjoo with a cherry on top ;)

Liz*e

música: Cause to love you - Fingertips

publicado por Do outro lado do oceano às 15:33
link do post | comentar | favorito
Domingo, 16 de Março de 2008

Era uma vez.

Porque é que as histórias começam todas com era uma vez? Porque passou a ser um hábito? Ou porque é exactamente aquilo que aconteceu? Era uma vez. Já não é. Nunca mais vai ser. A Bela Adormecida nunca mais vai adormecer durante 100 anos e depois ser acordada por um príncipe todo bom que a beija. A Cinderela não vai passar outra vez de gata borralheira para a Cinderela senhora do coração do príncipe... Era mesmo uma vez! Uma única vez, aquela vez, aquela que se tem de aproveitar ao máximo. E depois puff, acabou.

Era uma vez... também já tenho a minha própria história. Mas que isso interessa? Era, já não é. E ficamos por aqui.

Bjoo

Liz*e

sinto-me:

publicado por Do outro lado do oceano às 13:49
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
17
18
19
21

22
24
25
26
27
28

29


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Beleza e Inveja . Senhora...

. Reflexão

. Preciso...

. Gooo Portugal :D

. Flutuante.

. Tempos sonhados.

. Nublado como eu.

. Spilling out...

. Can you keep a secret?

. Era uma vez.

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds